Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2013
Varandas de Felgueira (PR1) – Felgueira – Vale de Cambra


Partida e Chegada – Felgueira

Extensão – 4,8 Km

Duração – 1h 20min

Dificuldade – Fácil

Carta Topográfica – 165

Ficheiro GPX – olhar aqui

  

 

 

Para plataformas móveis olhar fotos aqui.

 

 

Descrição


Varandas de Felgueira, PR1 (ver folheto), é um percurso de pequena rota, homologado e marcado nos dois sentidos.

O percurso desenvolve-se por caminhos tradicionais e florestais que não apresentam qualquer dificuldade salvo um ascendente moderado após passagem por Carvalhal do Chão em que os caminhos apresentam alguma pedra solta.

Realizado no sentido horário, o percurso iniciou-se junto ao campo de futebol da aldeia de Felgueira. Seguindo em direcção à aldeia de Felgueira, entra na estrada principal de alcatrão passando pela capela de S. Tiago.

No centro da aldeia de Felgueira toma a estrada de alcatrão à esquerda para cerca de 150m à frente seguir pela direita entrando no núcleo habitacional antigo percorrendo-o pelas suas ruelas estreitas.

Saindo da aldeia entra numa zona de campos agrícolas, por caminhos de terra batida, até encontrar uma estrada de alcatrão.

Seguindo pela direita, nesta estrada em direcção a Carvalhal do Chão por cerca de 200m, chega-se de novo à estrada principal para a atravessar e entrar num caminho florestal à direita que o levará até ao ponto mais elevado do percurso.

A subida é feita por caminhos florestais com alguma pedra solta e a parte do final da subida é feita com o caminho ladeado por muros de pedra.

Durante a subida aproveite para fazer algumas paragens e observar as vistas a nascente e sul, talvez encontre o seu olhar sublime, onde a vista em dias de céu limpo alcança ao longe a serra da Estrela e Caramulo bem como o complexo industrial de Oliveira de Frades no topo de uma cumeada. Mais perto, no fundo do vale, destaca-se a aldeia de Cabrum com a sua capela a dominar e a serra da Freita com o Alto da Castanheira com as suas antenas em destaque.

A inclinação do caminho começa a suavizar e chega a um estradão donde deve seguir à direita em direcção ao ponto inicial do percurso.

Pelo meio olhe para norte e tente descobrir a Frecha da Mizarela ao longe, se for em alturas de chuva o seu avistamento é facilitado pela quantidade de água que por ela se precipita.  

 

Olhares Positivos

- quotidiano das aldeias;

- riqueza paisagística.

 

Olhares Negativos (menos positivos)

- local atravessado por várias linhas de alta tensão.

 

Observações

- devido à pouca extensão deste percurso o mesmo foi realizado no mesmo dia da realização do PR3 – Na Vereda do Pastor (olhar aqui), já que Felgueira é a primeira aldeia a seguir a Côvo quem desce a Freita em direcção a Vale de Cambra;

- é sempre uma boa opção para uma caminhada domingueira ligeira.




publicado por olharessublimes às 10:13
link do post | comentar | favorito

com o apoio de
olharessublimes@gmail.com
olhar no
  
olhares anteriores

Gerês (Portela do Homem -...

Gerês (Pitões das Júnias ...

Trilho Castrejo (PR3) - C...

Gerês (Portela do Homem –...

Estrela (Loriga - Torre -...

Santo Tirso (Mosteiro de ...

Gerês (Trilho dos Prados)...

Gerês (Xertelo - Castanhe...

Caminhos de Montemuro (PR...

Serra da Arada (Póvoa das...

Maciço da Freita (Gestoso...

Rota de Manhouce (PR1) – ...

Varandas de Felgueira (PR...

Na Vereda do Pastor (PR3)...

Caminhos do Sol Nascente ...

Covelo de Paivó - Regoufe...

Dunas S. Jacinto (variant...

Arrifana (Santa Maria da ...

Cercanias da Freita (PR4)...

Rota dos Túneis: La Frege...

Linha do Tua: Fiolhal - B...

Caminhos do Vale do Urtig...

Caminhada Exótica (PR16) ...

Rota das Tormentas (PR5) ...

Viagem à Pré-História (PR...

Rota do Xisto (PR9) - Can...

procurar olhares
 
tags

2011

2012

2013

2014

2015

2016

2017

abrótegas

alvarenga

arouca

arrifana

aveiro

barca d'alva

canelas

cantarelo

castro laboreiro

cidadelhe

citânia de sanfins

conho

costa da sabrosa

covelo de paivô

côvo

drave

dunas s. jacinto

encosta do sol

felgueira

fonte fria

gestoso

gestozinho

gourim

janarde

la fregeneda

lamalonga

linha do tua

lomba do pau

loriga

malfeitoso

manhouce

meitriz

minas dos carris

mizarela

moldes

monte padrão

monte pilar

mosteiro nossa senhora assunção

mourô

penha dos abutres

pico da nevosa

pico do sobreiro

pitões das júnias

portal do inferno

portela do homem

portela do leonte

póvoa das leiras

prados caveiros

prados da messe

quedas de fervença

regoufe

rossas

rota dos túneis

salgueiro

santa maria do monte

santo tirso

são pedro do sul

serra da arada

serra da estrela

serra da freita

serra de montemuro

serra do gerês

silveiras

torre

torrinheira

vale de cambra

vidoal

vidoeiro

xertelo

todas as tags

número olhares
aviso
A reprodução dos textos, fotografias, vídeos ou outros elementos deste blogue é expressamente proibida sem autorização escrita do autor. Para qualquer autorização por favor contacte o autor. A cópia ou reprodução não autorizada é punida por lei.